Blog Na Vitrine

Nike exalta mulheres atletas em campanha contra machismo na Rússia

UOL Esporte

A Nike promoveu campanha para valorizar atletas mulheres em um dos países mais machistas do mundo: a Rússia. O vídeo é uma crítica direta ao abrandamento da lei contra violência doméstica no país europeu.

No material criado pela Nike, uma menina canta em uma ópera. Ao longo da canção, ela muda os versos, e destaca a força da mulher, enquanto atletas russas surgem no teatro.

“Do que as mulheres são feitas?”, diz trecho do vídeo da empresa norte-americana.

A campanha ocorre em meio à forte repressão na Rússia. O presidente russo, Vladimir Putin, assinou o documento em fevereiro que prevê que a violência familiar só é um crime se a pessoa tiver cometido mais de uma agressão ao mesmo membro da família em um período de um ano ou se as vítimas tiverem sérios danos a sua saúde, como fraturas graves.

Nesses casos, quem for violento em casa poderá ser punido civilmente com uma multa de até 30 mil rublos (equivalente a R$ 1.600), com serviço comunitário ou com no máximo 15 dias de detenção. A punição será muito mais branda que a pena de até dois anos que era prevista anteriormente.

A lei, que foi redigida por um grupo de deputados conservadores que queriam manter valores “tradicionais” no país, o que pode ser feito com agressões “moderadas”, já havia sido facilmente aprovada tanto pela Câmara Alta como pela Câmara Baixa, a Duma, e já era apoiada por Putin.

A decisão causou indignação em organizações ativistas pelos direitos das mulheres. Segundo estimativas delas, no país, uma mulher morre a cada 40 minutos de abuso doméstico.

Sobre o Blog

Esporte é torcida e emoção, mas também é bola, chuteira, tênis, uniforme... Vamos falar de tudo o que você precisa para praticar sua modalidade preferida. Qual a melhor chuteira para o seu estilo de jogo? Quais as qualidades das novas bolas? Quem já lançou a camisa para a nova temporada?

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Na Vitrine
Topo