PUBLICIDADE
Topo

Test-drive: Bandit 3, da Under Armour

Na Vitrine

09/10/2017 04h00

A partir desta segunda-feira, o Na Vitrine fará uma série de test-drives de produtos para prática de esporte. Decidimos estrear com um tênis de corrida de rua. A ideia é trazer produtos com um bom custo-benefício, ou seja, nem sejam os mais caros das principais marcas, mas tragam um bom desempenho, tanto para praticantes de longa data quanto para pessoas rodadas na modalidade.

Começamos com a terceira versão do Bandit, modelo da marca norte-americana Under Armour. Ele é recomendado para quem quer correr de médias para longas distâncias, para o pessoal que já está superando os 10k e partindo para uma meia-maratona, como é meu caso.

O modelo é muito leve graças à tecnologia Speedform usada no cabedal (digamos assim, a carcaça do tênis). Ela é semelhante aos concorrentes e se assemelha a um tricô. Com isso, não há costura interna e isso dá muito conforto durante a corrida. Já o sistema de amortecimento Charge Cushioning alia amortecimento e impulsão em uma única peça. Completa o tênis uma placa de termoplástico para dar estabilidade ao tornozelo e evitar torções.

O teste foi realizado em três situações diferentes: 10k em uma pista de atletismo (ou seja, com piso emborrachado), 16k na rua e 6k em esteira com um ritmo forte.

– Ficha técnica:

Tênis: Bandit 3, da Under Armour
Pisada: Neutra
Peso: 259g
Drop: 8mm
Preço sugerido: RS 499

– Conforto: nota 9

Tênis ficou confortável durante quase toda a sessão. Com uma hora de treino, começou a esquentar um pouco na parte interna da sola dos pés, mas nada que obrigasse a encerrar a movimentação.

– Estabilidade: nota 10

Em nenhum momento, mesmo pisando em deformações ou buracos nas pistas, houve receio de torções ou lesões nos tornozelos.

– Desempenho: Nota 9

O modelo ajudou a melhorar meu pace, mas senti algumas dores que não tinha antes ao correr na esteira. Mas, novamente, nada que obrigasse a encerrar a movimentação.

– Ajuste ao pé: Nota 9

Apesar de ser muito confortável, mesmo quando apertamos bem os cadarços, ainda fica com um pouco de espaço sobrando.

– Maciez: Nota 10

O solado no tênis inteiro dá uma sensação impressionante de maciez.

– Praticidade: Nota 10

Absolutamente fácil de calçar e amarrar o cadarço, que também não se soltar durante a corrida.

– Resistência à sujeira: Nota 9

Depois dos testes, um pouco de sujeira – principalmente poeira e folhas – podiam ser facilmente retiradas com um pano úmido.

* Por Jorge Corrêa, editor do UOL Esporte e corredor amador

Sobre o Blog

Esporte é emoção e conquistas, mas também é bola, chuteira, tênis, uniforme... Vamos falar tudo o que você precisa para praticar sua modalidade preferida ou usar o mesmo que o seu ídolo veste. A chuteira mais moderna, as curiosidades das novas bolas, quem já lançou camisa para a temporada e muito mais.

Na Vitrine