Topo
Blog Na Vitrine

Blog Na Vitrine

Maxi López debocha de novas camisas do Vasco; clube justifica escolha

UOL Esporte

2027-02-20T19:16:32

27/02/2019 16h32

(Crédito: Divulgação)

O Vasco apresentou ontem seus novos uniformes de treino para a temporada 2019. Enquanto os goleiros trabalharão com camisas amarelas de detalhes pretos, os jogadores de linha treinarão com camisetas cinzas com detalhes amarelos.

Só que o desenho simples do uniforme virou motivo de galhofa até mesmo da torcida – e do elenco. Em sua conta no Instagram, o atacante Maxi Lopez publicou uma montagem do meia Thiago Galhardo como funcionário do McDonald's, usando um boné e segurando um sanduíche, como se fosse um atendente da rede de fast food.

Diante da repercussão dos novos desenhos, o Vasco precisou vir a público para se pronunciar. Hoje, o vice-presidente de marketing do clube, Bruno Maia, justificou as escolhas em sua conta no Twitter.

"Queríamos trazer uma tendência de uniformes monocromáticos, de cores cítricas, adotada por muitos times europeus, que vinham tendo altos índices de venda e que estavam sendo pedidos por vários torcedores nas mensagens que colhemos nas redes sociais", registrou, publicando fotos de uniformes de equipes como Arsenal (ING), Nantes (FRA) e Manchester City (ING).

"A maior parte dessas referências trazem na base cores sólidas e escuras, como o preto e o azul marinho. Além de serem cores já utilizadas normalmente no material de treino do Vasco da Gama, elas esquentam mais e havia um pedido por cores mais leves", disse, indo além.

"Para conciliar tudo com o conforto dos atletas, chegamos nas cores da base do tecido. Dentro da linha estética, o vermelho fugia do tom cítrico e, ao contrário de vários clubes que mexeram nas cores dos seus emblemas, a preocupação foi justamente preservar a nossa cruz", completou.

Sem ter como manter a Cruz de Malta na camisa, o clube optou por incluir a sigla de seu nome completo, Club de Regatas Vasco da Gama (CRVG).

"Daí que saímos a buscar outro elemento que nos representasse e que não tivesse essa questão. Veio o CRVG, na nova tipografia/fonte que desenvolvemos para o Vasco. O CRVG é uma marca do clube, reconhecida e tatuada por vários vascaínos e que permitia essa abordagem", escreveu.

"O desafio era inserir o Vasco da Gama em uma tendência de mercado, mas de maneira proprietária, inovando, sim, mas sempre respeitando nossos símbolos. Se alguém achar que não ficou tão bacana quanto as elogiadas terceira camisa do ano passado e a branca que lançamos esse ano, é uma pena. Respeitamos e estamos atentos. Foi a mesma equipe que fez. Ao final, gosto é gosto, gostar ou não gostar é do jogo, faz parte", acrescentou.

Sobre o Blog

Esporte é emoção e conquistas, mas também é bola, chuteira, tênis, uniforme... Vamos falar tudo o que você precisa para praticar sua modalidade preferida ou usar o mesmo que o seu ídolo veste. A chuteira mais moderna, as curiosidades das novas bolas, quem já lançou camisa para a temporada e muito mais.